Cuidados com a dor, prevenção com olhar e responsabilidade

de especialista.

Considerar uma abordagem mais simples e direta. Uma perspectiva mais minimalista, que dialoga com o estilo de vida de Natália. 

18 I 02 I 21

A dor é mais que uma resposta resultante da integração central de impulsos dos nervos periféricos, ativados por estímulos locais. De fato a dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a uma lesão real ou potencial, ou descrita em termos de tal definição da Associação Internacional para o Estudo da Dor - IASP.

Distinguem-se basicamente duas categorias: A dor nociceptiva e a dor neuropática.

Na dor nociceptiva há três tipos de estímulos que podem levar à geração dos potenciais de ação nos axônios desses nervos:

  1. Variações mecânicas ou térmicas que ativam diretamente as terminações nervosas ou receptores.

  2. Fatores químicos libertados na área da terminação nervosa.

  3. Fatores libertados pelas células inflamatórias como a bradicinina, a serotonina, a histamina e as enzimas proteolíticas.

O potencial de ação é uma inversão do potencial de membrana que percorre a membrana de uma célula. Potenciais de ação são essenciais para a vida animal, porque transportam rapidamente informações entre e dentro dos tecidos. Eles podem ser gerados por muitos tipos de células, mas são utilizados mais intensamente pelo sistema nervoso, para comunicação entre neurônios e para transmitir informações dos neurônios para outro tecido do organismo.

Simbolos + Signos + Conceito + Minimalismo

ALEGRIA

ALÍVIO

SATISFAÇÃO

CONFORTO

Cartão de visita

Logo Nunes - Branca.png

Conheça mais o nosso trabalho clicando aqui.

Para mais informações: +55 81 9 9224 6552 I contato@leandromnunes.com.br